top of page

Post

Avaliação Nacional dos Programas de Gerenciamento do Uso de Antimicrobianos em UTIs Adultos dos Hosp

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em parceria com a Associação Brasileira de Profissionais em Controle de Infecção e Epidemiologia Hospitalar (ABIH) está lançando o Projeto Stewardship Brasil: Avaliação Nacional dos Programas de Gerenciamento do Uso de Antimicrobianos em Unidade de Terapia Intensiva Adulto dos Hospitais Brasileiros, que tem como objetivo avaliar o panorama nacional dos programas de gerenciamento do uso de antimicrobianos em hospitais brasileiros com unidades de terapia intensiva (UTI) adulto.

Programas de gerenciamento do uso de antimicrobianos ou programas de Stewardship estão sendo instituídos mundialmente com o objetivo de otimizar a prescrição de antimicrobianos nos serviços de saúde para garantir o efeito farmacoterapêutico máximo, reduzir a ocorrência de eventos adversos (EA) nos pacientes, prevenir a seleção e a disseminação de microrganismos resistentes e diminuir os custos da assistência. Assim, a Gerência de Vigilância e Monitoramento em Serviços de Saúde (GVIMS/GGTES/ANVISA) estimula que seja implementada pelos serviços de saúde do país essa importante estratégia para prevenir a seleção e a disseminação de microrganismos resistentes no Brasil.

Dessa forma, queremos convidá-los para responder ao formulário de Autoavaliação dos Programas de Gerenciamento do Uso de Antimicrobianos que tem como finalidade avaliar o nível de implementação dos programas pelos hospitais brasileiros com leitos de UTI adulto. Tal avaliação fornecerá informações sobre o nível de implementação dos programas de gerenciamento do uso de antimicrobianos pelos serviços de saúde com leitos de UTI adulto do país, possibilitando o desenvolvimento de ações nacionais e locais para melhorar a realidade encontrada e permitirá que o hospital verifique o nível de implementação do seu programa em relação aos demais hospitais participantes. O prazo para o preenchimento vai até o dia 31/07/2019.

Mais informações e para ler o conteúdo completo desta notícias, acesse: https://bit.ly/2xAZX4O

コメント


bottom of page