top of page

Post

Atualização Epidemiológica Febre Amarela na Região das Américas

Resumo da situação regional



Na Região das Américas, o risco de ocorrência de surtos de febre amarela é alto. Embora a

imunização seja uma das intervenções de saúde pública mais exitosas para prevenir essa

doença, a pandemia da COVID-19, entre outros fatores, causou uma interferência nas

atividades de vacinação, impactando na cobertura da vacinação contra a febre amarela.


Até 19 de março de 2024, Colômbia, Guiana e Peru registraram casos de febre amarela na

Região das Américas.


É necessário que os países garantam uma cobertura vacinal maior ou igual a 95% de maneira homogênea e que as autoridades de saúde assegurem a disponibilidade de um estoque estratégico que permita manter a vacinação de rotina e, ao mesmo tempo, responder a eventuais surtos.


 

Leia o conteúdo completo:


febre-amarela 2024-marco-21-OPAS-atualizacaoepidem_240325_071519
.pdf
Fazer download de PDF • 430KB

Fonte: Organização Pan Americana de Saúde

Comments


bottom of page